Projeto Juventude em Movimento (PJM)

O Projeto Juventude em Movimento (PJM) iniciou em 2017, duas novas parcerias, com o Agrupamento de Escolas Elias Garcia (Sobreda) e com o Agrupamento de Escolas de Álvaro Velho (Barreiro).


Com o objetivo de desenvolver um conjunto de atividades, dinâmicas e sessões de sensibilização (e.g. Bullying; Violência no Namoro; Abuso Sexual; Sexualidade; Abuso de Substâncias), o projeto promove a aquisição de competências pessoais e sociais em jovens entre os 10 e os 18 anos de idade.

O Projeto Juventude em Movimento (PJM) teve início no ano de 2009, através de uma iniciativa da Licenciatura em Psicologia Criminal e do Mestrado em Psicologia Forense e Criminal do Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz e do Gabinete de Psicologia Forense, sob a coordenação científica da Professora Doutora Iris Almeida e com a colaboração dos alunos da Licenciatura em Psicologia Criminal e do Mestrado em Psicologia Forense e Criminal.

Em 2009, as atividades e dinâmicas eram dirigidas a crianças e jovens frequentadores de um espaço lúdico do Centro Social e Paroquial da Costa de Caparica.

No ano de 2010, o PJM alargou o seu campo de intervenção à Escola Básica 2º e 3º ciclo da Costa de Caparica com o objetivo de desenvolver um plano de intervenção no contexto da violência escolar, abarcando as várias formas de violência e desenvolver programas de treino de competências e de redução das condutas violentas, que vão desde o bullying até à violência no namoro e violência com professores. Assim, estabeleceu-se um protocolo com o objetivo de desenvolver ações de sensibilização junto dos jovens, professores e pais.

Em 2011, o PJM estabeleceu uma nova parceria com a Escola Secundária do Monte de Caparica, continuando a apostar nas ações de sensibilização junto da comunidade escolar, mas desta vez no âmbito da prevenção de consumo e abuso de substâncias.

Em 2012, mantiveram-se as parcerias com as referidas escolas e estabeleceram-se duas novas parcerias com a Escola Secundária Romeu Correia e Escola Básica da Alembrança, no Feijó. No mesmo ano, o PJM participou, também, no seminário de Indisciplina na Escola Secundária António Gedeão, onde foram ministradas sessões sobre bullying a pais, professores e alunos.

Desde 2010 até à atualidade, manteve-se o protocolo com a Escola Básica 2º e 3º ciclo da Costa de Caparica, participando no PJM os alunos da Licenciatura em Psicologia e da Pós-Graduação em Psicologia Forense.