Doutoramento em Ciências Biomédicas


Tipo de ensino: Universitário
Cód. Estabelecimento: 4260
Nome do estabelecimento: Instituto Universitário Egas Moniz
Cód. Curso: 5573
Tipo de Curso: Doutoramento (3º ciclo)
N.º de Períodos: 4
Duração: 4 anos
ECTS: 240
Vagas: 4
Registo DGES: R/A-Cr 2/2018
Avaliação Externa A3ES: https://www.a3es.pt/pt/resultados-acreditacao/ciencias-biomedicas-9

Coordenador: Professor Doutor Nuno Eduardo Moura dos Santos da Costa Taveira

 

Introdução

O doutoramento em Ciências Biomédicas procura estimular e permitir o desenvolvimento de competências a Licenciados e Mestres na área das ciências biomédicas, abrangendo os mais jovens, mas também profissionais já inseridos no mercado de trabalho.

Este programa pretende alcançar uma formação avançada de recursos humanos e uma muito elevada produção científica de nível internacional, que o IUEM tem de forma crescente apresentado, promovendo uma política de transferência do conhecimento para a sociedade, tendo por base a investigação numa interligação com a comunidade.

Este ciclo de estudos visa um ensino moderno baseado na flexibilidade de construção de uma formação personalizada, que permita ao doutorando desenvolver competências várias, pessoais e interpessoais, num contexto técnico e científico em ciências biomédicas, dando ênfase a Soft Skills.

O nosso programa doutoral baseia-se numa estrutura totalmente flexível, não havendo unidades curriculares letivas fixas, permitindo ao doutorando fazer conciliação com outros interesses. O programa integra um 1º ano com uma unidade curricular de natureza anual, designada “Ano Probatório” dando a possibilidade ao doutorando de concretizar uma formação inicial personalizada e adequada aos seus interesses e necessidades em função do seu projeto. As componentes letivas e/ou de formação avançada serão definidas de forma personalizada para cada estudante podendo ser realizadas num só semestre ou ao longo dos 2 semestres do 1º ano, até um limite máximo de 30 créditos. Os restantes 30 créditos da unidade Ano Probatório contemplam obrigatoriamente trabalhos preparatórios (laboratoriais ou de outra índole) de suporte ao arranque da Tese.

No final do Ano Probatório existirá uma prova pública de apresentação do trabalho desenvolvido, sendo imprescindível o aproveitamento neste ano para o prosseguimento dos estudos.

A partir do 2º ano o programa integra a elaboração de uma tese original e especialmente elaborada para este fim, adequada ao vasto ramo de conhecimento em Ciências Biomédicas. É condição absoluta que o candidato apresente pelo menos dois artigos científicos como primeiro autor no âmbito do tema da tese, publicados ou aceites para publicação numa Revista Científica Indexada “ISI Web of Knowlege/Scopus”.

 

O que nos torna únicos 

Como estudante de Doutoramento em Ciências Biomédicas do IUEM, os alunos não devem apenas ter como objetivo a aprendizagem mas também criar impacto direto na progressão da investigação para a Sociedade.

O programa de doutoramento do IUEM oferece bases sólidas, tanto teóricas quanto práticas, para que os candidatos sejam capazes de desenvolver projetos de investigação em Ciências Biomédicas. O programa decorre num ambiente vibrante e promove a inclusão dos candidatos nos projetos de investigação em linha com as áreas temáticas dos pilares da investigação da Egas Moniz:

  1. Saúde Ambiental - Alinhada à missão e objetivos do Projeto Científico da Egas Moniz - Cooperativa de Ensino Superior, CRL, nomeadamente, de promover pesquisas fundamentais aplicadas em ciências e métodos da saúde e disseminação dos conhecimentos e inovações científicas resultantes. A área segue de perto a visão das autoridades nacionais de saúde, nomeadamente a Direção Geral de Saúde (DGS) sobre a relevância dos fatores ambientais e estilos de vida como determinantes da saúde humana.
  2. Investigação Clínica em Medicina Dentária - A área temática apoia a realização de pesquisa clínica de qualidade de alto impacto social e está em conformidade com os regulamentos e a legislação vigentes. Apoia estudos nos seus serviços clínicos e laboratoriais de última geração, e tem como ambição fornecer estudos clínicos que são apoiados desde a conceção até à promoção da melhor prática clínica de forma independente. Tem por base uma forte rede de colaboração internacional quer a nível académico quer a nível da indústria.
  3. Microbiologia e Saúde Pública – A área temática tem um forte núcleo de conhecimentos microbiológicos que vão desde a pesquisa fundamental e translacional a ensaios clínicos. As áreas de força na pesquisa básica incluem relações estrutura-função microbiana, aspectos da patogênese viral, bacteriana e parasitária, e interação de patogénicos com o sistema imunológico. Existe um historial de pesquisa efetuada em unidades de pesquisa de medicina tropical no continente Africano. É também dada enfase aos ensaios de citotoxicidade de diversos materiais médico-dentários, ao estudo dos biofilmes formados por microrganismos periodonto-patogênicos, incluindo amebas de vida livre e parasitárias e à resistência aos antibióticos no meio ambiente e em ambientes de cuidados de saúde.
  4. Ciências Forense e Psicologia – Esta área articula quatro valências do Laboratório de Ciências Forenses e Psicológicas Egas Moniz – a psicologia, a genética, a química e a análise de documentos e está dividida em duas grandes áreas: as ciências biológicas, químicas e computacionais em problemas forenses e o desenvolvimento de trabalhos de pesquisa com mérito científico e impacto social no campo da Psicologia., Por sua vez esta segunda área está organizada em dois grupos de pesquisa: a psicologia clínica e saúde e a psicologia forense e criminal.

Excelência na investigação

Através de uma série de workshops, seminários das áreas temáticas, seminários dos laboratórios de investigação e reuniões clínicas, os alunos têm contato com os projetos de investigação que decorrem. Posteriormente, vão desenvolvendo o seu trabalho com base no feedback dado pelos professores que integram as nossas áreas de investigação.

Excelência das instalações vocacionada para a investigação

A Egas Moniz apresenta uma rede de 17 laboratórios de investigação e uma Clinica Dentária (CDEM), com tecnologia de ultima geração apropriada para servir de base para o nosso programa doutoral. O volume de casuística desta clínica, torna-se naturalmente um pilar da investigação, tendo por base a investigação interdisciplinar que caracteriza o ADN Egas Moniz.

Cultura colaborativa única

A cultura colaborativa única, da estrutura da Egas Moniz foi projetada para estimular a interação entre investigadores de diferentes vertentes das Ciências Biomédicas. Todos os alunos são uma parte essencial da comunidade de 2.200 membros e desempenham um papel interventivo no conceito de investigação interdisciplinar em andamento. Os projetos de tese devem conduzir a publicações como primeiro autor de artigos publicados ou aceites para publicação numa Revista Científica Indexada “ISI Web of Knowlege/Scopus”.

Rede de subsidiárias, Gabinetes e Grupos em ligação com a Sociedade

O nosso projeto educativo com 30 anos, apresenta uma rede de interligação nas várias vertentes das Ciências Biomédicas, com a sociedade, através de um conjunto de estruturas como: Centro de Genética Médica e Nutrição Pediátrica Egas Moniz (CGMNPEM), o Gabinete de Informação e Atendimento à Vítima – Espaço Cidadania e Justiça (GIAV), o Gabinete de Psicologia Forense Egas Moniz (GPF-EM), o Grupo de Estudos em Nutrição Aplicada (G.E.N.A.), o Grupo de Estudos Sociais Aplicados (GESA), o Laboratório de Ciências Forenses e Psicológicas (LCFPEM), o Laboratório de Microbiologia Aplicada Egas Moniz (LMAEM), a Clínica Universitária Egas Moniz (CUEM) e a Clínica Dentária Egas Moniz (CDEM) localizada no Campus.

Claramente internacional

Os candidatos podem desenvolver parte da investigação numa verdadeira vertente da internacionalização podendo beneficiar dos vários protocolos de colaboração disponíveis quer na Europa ou no continente Americano. A Egas Moniz apresenta uma crescente e sólida rede de colaboração em todas as áreas temáticas, possibilitando aos nossos alunos uma abordagem internacional para o seu projeto.

 

Saídas profissionais e outras

O corpo docente do IUEM é especializado e pode aconselhá-lo quanto ao seu futuro profissional, fruto de uma inserção profissional reconhecida dos nossos Alumni, constituindo um excelente desafio o acompanhamento e inserção destes nossos novos alunos. São inúmeros os exemplos de Alumni que ocupam cargos em organizações nacionais e internacionais de renome, instituições de ensino superior e vários órgãos estatais.

 

Mais informações