GIAV DIAP de Lisboa – Uma década do “Espaço de Cidadania e Justiça”

O Gabinete de Informação e Atendimento à Vítima – Espaço Cidadania e Justiça, estrutura que deriva de um protocolo entre o Departamento de Investigação e Ação Penal de Lisboa e a Egas Moniz - Cooperativa de Ensino Superior, CRL celebra a sua primeira década de funcionamento.

Inaugurado oficialmente a 18 de novembro de 2011, o GIAV tem feito da sua intervenção primordial, a assessoria técnica, em matéria de psicologia forense, ao sistema de justiça, através de avaliação e intervenção de vítimas em situação de especial vulnerabilidade.

Muito embora incida na avaliação e apoio à vítima de crime, o GIAV tem-se assumido como um espaço que consigna e reconhece a necessidade de avaliação com todos os agentes, que beneficiem do estatuto de vítima ou arguido, por forma a obter um cada vez mais claro e objetivo resultado no apoio à decisão judicial.

Com coordenação conjunta da Sra. Procuradora da República, Dra. Maria Fernanda Alves, e da Prof.ª Doutora Iris Almeida, o GIAV do DIAP de Lisboa orgulha-se de ter sido uma das estruturas pioneiras a nível nacional na criação de pontes entre psicologia e direito, e a essa possibilidade, muito dependeu da visão da sua Diretora de então, a Sra. Procuradora-Geral Adjunta, Dra. Maria José Morgado, a quem prestamos o nosso mais profundo agradecimento e respeito.

O envolvimento e sensibilidade da equipa de Magistrados/as do Ministério Público, que desde o primeiro momento acolheram este projeto, assim como de todas as equipas de estagiários/as que ao longo de 10 anos têm integrado este espaço, tem permitido alcançar resultados e números que manifestamente cumprem os objetivos traçados em 2011. Este é um trabalho que se baseia num apoio cientificamente validado junto do sistema de justiça e a todos/as aqueles/as que procuram a sua ação e apoio.

Um bem-haja a todos/as os/as envolvidos/as!