Ciências Forenses e Criminais (Licenciatura)

Quando em 2008 fiquei a saber da existência da Licenciatura em Ciências Forenses e Criminais no Instituto Superior de Ciências da Saúde Egas Moniz, fiquei imediatamente entusiasmado. Devo confessar que este entusiasmo foi fortemente influenciado pelas séries da altura como o C.S.I., mas claro que as ciências forenses e criminais são mais do que uma série de televisão.
Comecei então a frequentar o curso no ISCSEM, também pela proximidade da minha residência, pelos bons acessos de transporte e infraestruturas que apresenta. Com o passar dos semestres, o meu entusiasmo foi aumentando, pois o ISCSEM apostou fortemente na Licenciatura, atribuindo ótimas condições de aprendizagem aos seus alunos. Mas, a grande mais-valia da Licenciatura são as pessoas, principalmente os Professores. Foram eles que deram, e com certeza continuam, e continuarão a dar, o seu melhor para que os alunos sejam ensinados, compreendidos e motivados para que continuem a realizar os seus sonhos. Foram também eles que me proporcionaram um excelente estágio no Serviço de Toxicologia Forense do INML, Delegação do Centro, onde conheci ótimos profissionais e pessoas.
Finalizo, dizendo que os anos passados no ISCSEM foram uns dos melhores anos da minha vida, e gostaria de estender um tapete de boas-vindas aos que aqui também queiram vir.”


Samir Ahmad
CFC Samir Site


"O Curso de Ciências Forenses está bem desenhado para uma forte componente laboratorial de química, biologia, física no 1º ano do curso que nos preparam fortemente e nos dão as bases fundamentais para unidades curriculares forenses mais específicas em anos posteriores, dando-nos todas as capacidades que um bom analista deve, na minha opinião possuir, de modo estar apto a trabalhar numa equipa laboratorial forense.
Os módulos associados a cenários de crime são das partes mais gratificantes e psicologicamente desafiantes do curso, pois permite-nos desenvolver características como: o trabalho de equipa, coordenção e liderança nas mais diversas situações. Instalações como o Laboratório Forense e a Casa do Crime, são mais valias fundamentais neste tipo de unidade curricular com uma componente prática tão característica.
Existe um claro e largo espectro de conhecimento tanto teórico como prático por parte do corpo docente que convida e possibilita o desenvolvimento académico e pessoal na área pretendida pelo aluno.
Outro aspecto muito importante foi a colaboração de várias instituções a nível nacional e internacional, tanto de ensino como profissionais, o que permitiu-nos trabalhar e  desenvolver competências com especialistas de renome nos mais diversos campos das Ciências Forenses.
As instalações da Faculdade são consideravelmente boas, especialmente, o equipamento dos laboratorios e o espaço adequado das salas de aula e dos auditórios que possibilitam a organização de conferências ao longo do ano lectivo.
Após concluir o curso foi-me dada a oportunidade de ser monitor na Unidade Curricular de Incêndios e Explosões do 3º ano, o que contribuiu em larga escala para ter conseguido um lugar no Mestrado  que ambicionava numa das melhores Universidades do Reino Unido."

Helder Galego

Helder Galego


"É compreensível que 3 anos aparente ser insuficiente para um aluno conseguir absorver toda a dimensão do vasto universo que são as Ciências Forenses. No entanto, objectivo de todos os docentes, que são parte integrante desta licenciatura, é precisamente abranger o vasto universo que são as Ciências Forenses.

Com o curso de Ciências Forenses e Criminais, foi me possível perceber quais as minhas principais vocações dentro das variadas áreas da ciência, sempre com a aplicação forense como objectivo. O facto de estarmos em contacto directo com diversas áreas mais genéricas, (e.g. Química, Biologia, Física, Anatomia, Direito,...) permite-nos compreender, de forma lógica e coerente, como podemos conciliar estes conhecimentos com a “parte” Forense depois em disciplinas mais específicas como Genética Forense, Balística, Toxicologia, Análise de documentos suspeitos, Botânica Forense entre outras.
Outro aspecto que contribuiu para que esta licenciatura fosse bastante enriquecedora e estimulante, foi o facto de muitos professores estarem inseridos no mundo profissional forense e poderem contribuir com testemunhos importantes para a nossa formação.
Não obstante o facto de ser uma formação mais genérica, estes 3 anos permitiram prosseguir para um mestrado de investigação em química analítica forense, onde pude aplicar os não só os conhecimentos que obtive em química, como também toda a importante componente forense que obtive durante a licenciatura."

Diogo Fernandes
Diogo Fernandes CFC


“Parece que foi ontem que ingressei no curso de Ciências Forenses e Criminais, um curso cujo nome suscita, à partida, uma enorme curiosidade a quem pretenda entrar no  mercado de trabalho através de uma profissão na área das ciências, com tecnologias essenciais para dar resposta aos desafios do mundo atual. Hoje, considero que foi um privilégio um dia ter entrado nesta nobre e respeitada academia, a qual me proporcionou o grau de licenciado em Ciências Forenses e Criminais.
E, houvessem adjetivos para descrever o sentimento que se adquire por esta casa, desde o primeiro dia, talvez conseguisse explicar por palavras os momentos inesquecíveis que vivi, as coisas inexplicáveis que aconteceram e as pessoas incomparáveis com quem privei durante três anos.
O curso de Ciências Forenses e Criminais, para além de dar a conhecer aos alunos o Universo das Ciências Forenses, através das componentes teórica e prática, inerentes a cada disciplina, preocupa-se em formar pessoas, através da construção diária das suas capacidades, munindo-as de ferramentas como a sabedoria, a criatividade e a versatilidade, que podem permitir a um aluno  atingir patamares elevadíssimos a nível profissional.
É de salientar que este curso me permitiu a realização de um estágio curricular numa empresa de Peritagens de Seguros, o qual contribuiu sobremaneira para que, atualmente, me encontre a desempenhar as funções de Perito/Averiguador, nos ramos de Furto, Roubo e Incêndio.
Para terminar, dirijo uma palavra de extremo agradecimento ao corpo de docentes, pelo apoio incondicional que, ano após ano, dispensam aos alunos, aos meus colegas de curso, pelo bom ambiente proporcionado e, por último, ao ISCSEM, que, como organização e instituição, continua a demonstrar o seu vanguardismo e capacidade de adaptação, necessárias às exigências e expectativas do mercado de trabalho e dos seus alunos."

João Ramalho

João Pedro Ramalho LCFC